Eliana Sonja
Sakey
Alimentos saudáveis blindam doenças respiratórias
Tuberculose, pneumonia, asma, bronquite, sinusite, rinite, gripe e resfriado. Essas doenças são mais comuns com a chegada do inverno, pois as pessoas ficam mais propensas a infecções, principalmente as respiratórias. Para evitar que elas se tornem crônicas, a alimentação deve ser bem equilibrada para garantir os nutrientes necessários para formação de células e outras substâncias envolvidas no sistema de defesa do corpo humano.
“Nessa época é comum as pessoas deixarem de comer verduras, legumes e frutas, pois naturalmente o organismo pede alimentos mais calóricos. Mas aí é que está o grande perigo, pois a falta desses víveres pode causar um impacto negativo na defesa do corpo humano”, explica Caroline Lubeck de Andrade Silva, sócia proprietária do restaurante Sabor de Minas, com duas lojas em Varginha
Silva explica que, para as pessoas se manterem longe das infecções respiratórias, é essencial comer frutas, verduras e legumes. “Fazer um suco, uma sopa ou um caldo é uma opção para ingerir esses alimentos”, explica. E vai além: “a prática de exercícios físicos e beber líquidos como água, chás e sucos garantem uma maior resistência contra as infecções e gripes”, finaliza Silva. 
 
Desenvolvido por DEC WebSites