Mary Annie Ortega
Atleta e Ballaieira
Minha nada mole vida nas piscinas
Bom, aqui estou eu novamente pra contar um pouco da minha nada mole vida...
No último fim de semana nadei um uma competição super difícil, a tarefa era competir 5 provas em um só dia , nadei tudo e ganhei tudo! Não tive tempo de almoçar nem de me preparar direito, pois o campeonato foi reduzido de última hora, duas competições em uma. 
Poucos entendem o que é competir em uma prova como essa, mas só quem compete sabe o sentimento, ou melhor a dor, literalmente, que sentimos durante a prova , além de ser muito desgastante o tempo de recuperação entre uma prova e outra é pequeno , ou seja o acúmulo de acido lático no músculo faz que com a fadiga muscular chegue logo , consequentemente afetando o psicológico... Mas aí, ao mesmo tempo, é tão bom bater na borda da piscina , olhar para o placar e ver NÚMERO 1 RAIA 4 (raia em que nadei) que acabo me esquecendo da dor e curtindo o meu momento de vitória e dever cumprido , a sensação de estar cada vez mais perto do meu principal objetivo, é incrível ... A DOR PASSA, MAS A GLÓRIA FICA.
Nesta  semana eu também competi (sim foram dois finais de semana seguidos competindo) maravilhosamente bem, nadei apenas 2 provas , ou seja eu tinha tempo de descanso , tempo de almoço PERFEITO! O resultado não podia ser outro, consegui fazer a minha melhor  marca pessoal nos 100 metros costas, fiquei extremamente feliz eu e o meu técnico vibramos muito, foi um grande passo para as próximas conquistas. Estou me preparando para o Campeonato Brasileiro de Natação  que vai ser aqui no RIO , no Botafogo mesmo , EM CASA... temos que fazer bonito!!!!
Longe de casa (POÇOS DE CALDAS) é tudo mais difícil, você acompanha os acontecimentos tudo pelo Facebook ou telefone. Ainda bem que temos esses meios de comunicação , mas às vezes pessoas incríveis de sua família postam fotos inusitadas como uma LINDA E GRANDE MESA  DE DOCES , diversos doces, muitos doces.. enfim DOCE (EU AMO DOCE!). E onde está você? Nadando, nadando atrás dos seus sonhos.  Vou dizer viu, esse tipo de coisa não ajuda em nada minha concentração e seria bem melhor se não acontecesse ou se pelo menos não me sacaneassem postando essas fotos. Fica a dica: NÃO postem fotos OBRIGADA,DINADA,UM BEIJO.

Maryannie Ortega é natural de Poços de Caldas e hoje mora no Rio de Janeiro, é atleta da equipe de natação do Botafogo e compartilha conosco sua nada mole vida de atleta.
Confira a galeria de fotos!
Desenvolvido por DEC WebSites